segunda-feira, 21 de julho de 2014

“OFICINA – Identificando o Pé de Risco em Pessoas com Diabetes e Hanseníase”

Profissionais da saúde participam de oficina “Identificando o Pé de Risco em Pessoas com Diabetes e Hanseníase”
Aconteceu no dia 18 de julho de 8h as 17 no CMS Manoel José Ferreira / Auditório Otics Catete a “OFICINA – Identificando o Pé de Risco em Pessoas com Diabetes e Hanseníase” para as equipes do Saúde da Família  da AP 2.1 

Enfermeiros, Educadores físicos, Agentes Comunitários de Saúde  e auxiliares/técnicos de enfermagem das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da CAP 2.1 participaram nesta sexta - feira (18) de uma oficina de capacitação sobre Identificando o Pé de Risco em Pessoas com Diabetes e Hanseníase. 

Pela manhã, a Gerente do Programa de Diabetes SMS-RJ , Claudia Ramos e a Gerente do Programa de Hanseníase SMS-RJ, Mª Edilene V. Lopes ministraram aulas teóricas sobre os temas: Diabetes: clinica e complicações e a apresentação do fluxograma ao MP, Hanseníase: Clínica e neuropatia periférica, Prevenção de Incapacidades na Hanseníase e Diabetes: avaliação e cuidado com o pé de risco.

À tarde, a Gerente do Programa de Praticas Integrativas e complementares SMS - RJ, Maria Cristina Nascimento Barros ministrou aula sobre os temas: O que é Reflexologia?, Áreas  de Reflexologia, Onde tem Reflexologia Podal no RJ?,Quem pode aplicar?, Como o paciente deve estar acomodado?,Quem pode receber a massagem?,Principais Indicações para prevenção de agravos e o Protocolo de Atendimento para o Pé Diabético com Cremes Fitoterápicos. 

Os profissionais tiveram a oportunidade de aprender na prática Avaliar o pé,  realizar o autocuidado e aplicar reflexologia podal.

Saiba mais sobre a Diabetes, hanseníase e praticas Integrativas 

O Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada por um aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue. A glicose é a principal fonte de energia do organismo, porém, quando em excesso, pode trazer várias complicações à saúde como, por exemplo, muito sono no estágio inicial, cansaço, dentre outros. Quando não tratada adequadamente, podem ocorrer complicações, como ataque cardíaco, derrame cerebral, insuficiência renal, problemas na visão, amputação do pé e lesões de difícil cicatrização, além de outras complicações. 
A Hanseníase é  uma doença causada por uma bactéria que ataca a pele e os nervos periféricos do corpo, principalmente braços, pernas e rosto, atingindo pessoas de todas as idades. 



Pode ter três graus: 0 – quando o paciente não tem nenhum problema nas mãos, pés e olhos devido a hanseníase; 1 – há diminuição ou perda da sensibilidade nas mãos, pés e olhos; 2 – quando o paciente apresenta lesões tróficas (que não cicatriza) traumáticas por causa da hanseníase, causando várias sequelas.
A reflexologia por definição é uma terapia complementar. Compreende o tratamento de vários distúrbios pela aplicação de pressão nos pés e mãos em áreas que chamamos de “pontos reflexos”. Esses pontos correspondem a órgãos, funções e regiões do corpo, a pressão é aplicada com a ponta do polegar ou dedos nas áreas correspondentes estimulando o fluxo de energia através do corpo, intensificando as forças vitais.

Programas de Hipertensão Arterial e de Diabetes Mellitus: 
Práticas Integrativas e Complementares

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Exame colpocitológico, conhecido também como papanicolau!

Mulheres! procurem a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa para realização do exame colpocitológico, conhecido também como papanicolau! Vamos prevenir o câncer de colo de utero!

O câncer do colo do útero, também chamado de cervical, é causado pela infecção persistente por alguns tipos (chamados oncogênicos) do Papilomavírus Humano - HPV. A infecção genital por este vírus é muito freqüente e não causa doença na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, podem ocorrer alterações celulares que poderão evoluir para o câncer, Estas alterações das células são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolaou), e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso é importante a realização periódica deste exame.

É o terceiro tumor mais frequente na população feminina, atrás do câncer de mama e do colorretal, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Prova de que o país avançou na sua capacidade de realizar diagnóstico precoce é que na década de 1990, 70% dos casos diagnosticados eram da doença invasiva. Ou seja: o estágio mais agressivo da doença. Atualmente 44% dos casos são de lesão precursora do câncer, chamada in situ. Esse tipo de lesão é localizada. 

Ações para o dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

O Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais, 28 de julho, será comemorado pela Secretaria Municipal de Saúde com a realização de diversas ações.

Na parada Gay de Madureira, que acontecerá no dia 20 de julho, haverá vacinação contra Hepatite B em pessoas maiores de 29 anos. Além disso, será disponibilizada testagem rápida para Hepatites B e C, Sífilis e HIV e também estarão disponíveis 100 mil preservativos masculinos, dois mil femininos e 20 mil sachês de gel lubrificante.

O ambulatório de Hepatites Virais da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Defesa Civil, realizará atividades educativas, testes rápidos para Hepatites B e C e imunização contra Hepatite B no período de 21 de julho a 1º de agosto. 

E a Gerência de Hepatites Virais da SMS realizará, de 28 de julho até 3 de agosto, uma campanha de vacinação contra Hepatite B para todos os servidores que trabalham no Centro Administrativo
São Sebastião (CASS).

Fonte: SMS na Mídia

Abertas as inscrições para processo seletivo de farmacêutico

Estão abertas as inscrições, de 14 e 27 de julho, para os servidores do cargo de farmacêutico interessados em fazer parte da equipe técnica da Coordenadoria de Infraestrutura e Logística.

Os interessados devem enviar um e-mail para cprs@smsdc.rio.rj.gov.br, com o assunto Processo Seletivo para Farmacêutico – Gerência de Logística, informando nome completo, matrícula, lotação, telefones para contato e e-mail (caso não
seja o mesmo da inscrição) e currículo anexado.

Esclarecimentos sobre a inscrição, podem ser obtidos pelo telefone 2504-2891. Para informações técnicas, entrar em contato pelo telefone 3342-9414.

Fonte: SMS na Mídia

Rio distribui cartilha sobre comida industrializada

O biscoito tem a crocância e o sabor que a garotada gosta. E ainda vem com figurinha para colecionar.

Logo após a propaganda, vem a frase: ‘Mãe, compra?’. Para alertar os responsáveis sobre os riscos de ceder a esse pedido e de comprar produtos industrializados
para os pequenos, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro lançou um guia completo.

O material será distribuído em escolas e unidades de saúde da rede
municipal. O principal objetivo é mostrar aos pais que os produtos infantis industrializados que aparecem nos comerciais são ricos em sal, açúcar e gordura e, por isso, prejudicam a saúde dos pequenos.

Luciana Azevedo Maldonado, coordenadora de Projetos Educativos do Instituto de Nutrição Annes Dias (Inad), da SMS, aponta que as crianças são o foco das propagandas devido ao poder de persuasão que exercem com os responsáveis, definido o que eles vão comprar. “No mercado, os produtos infantis ficam em local acessível aos pequenos. Aí começa a negociação com os pais”.

Os ingredientes artificiais tornam os produtos ‘ultraprocessados’ muito saborosos — mais do que os vegetais, por exemplo. Segundo a nutricionista, o excesso no consumo pode alterar o paladar da criança e fazer com que ela passe a rejeitar alimentos naturais por considerá-los ‘sem gosto’.

Luciana alerta ainda que, muitas vezes, os pais acreditam que tais alimentos são fonte de vitaminais e minerais — estratégia publicitária conhecida como ‘Banho de Saúde’. Ela lembra que existe acréscimo de nutrientes nos produtos industrializados, mas que consumi-los não compensa o mal à saúde que eles causam. “Mesmo com as vitaminas, continuam sendo prejudiciais. Além
disso, a absorção de vitaminas artificiais não é tão boa como comer o alimento natural”, explica.

Já que é difcíl manter seu filho longe dos comerciais que passam no intervalo do desenho animado, a dica é: resista aos pedidos e ofereça opções saudáveis, como a comida caseira. Ler a lista de ingredientes também é fundamental para saber a quantidade de substâncias nocivas (gordura, açúcar, sódio e conservantes). Elas vêm listadas em ordem decrescente em relação à quantidade.

Fonte: SMS na Mídia

Lei garante R$ 130 milhões para Clínicas da Família

O prefeito Eduardo Paes sancionou a lei que autoriza a Câmara dos Vereadores a destinar R$ 130 milhões decorrentes de sua economia orçamentária ao Poder Executivo Municipal para serem utilizados na construção e implantação de Clínicas da Família.

O Projeto de Lei nº 734-A/2014, de autoria dos vereadores Jorge Felippe, Luiz Carlos Ramos, Leonel Brizola Neto, Dr. Jairinho e Carlo Caiado, determina que a prefeitura encaminhe à Casa, a cada três meses, o cronograma de aplicação dos recursos.

A meta da prefeitura é alcançar 70% de cobertura do Programa Saúde da Família até 2016, com a construção de 68 novas Clínicas da Família. Ao final de 2016, mais de quatro milhões de cariocas terão sido beneficiados pela estratégia em todo o município.

“O objetivo é aumentar a cobertura da Saúde da Família. Serão priorizadas as áreas com maior necessidade de unidades de saúde. Poderemos oferecer muito mais serviços para a população a partir de agora”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

As novas unidades serão construídas em todo o município. Vidigal, Maré, Complexo do Alemão, Andaraí, Santa Teresa (Morro dos Prazeres e Escondidinho), Cordovil, Rio das Pedras, Praça Seca, Acari, Irajá, Cidade de Deus, Barros Filho, Bangu, Vila Kennedy, Realengo, Campo Grande e Santíssimo são alguns dos bairros que ganharão clínicas.

Desde 2009, a Prefeitura do Rio entregou 72 Clínicas da Família à população. O município do Rio, que era a pior capital em cobertura da estratégia de Saúde da Família, teve um avanço recorde e passou de 3,5% de cobertura para 44% - eram 63 equipes de Saúde da Família e, hoje, são mais de 800. Isso equivale a mais de 2,8 milhões de cariocas que, agora, podem contar com uma unidade de saúde a poucos metros de casa.

Para o prefeito Eduardo Paes, a implantação das CFs é um dos principais pilares da rede municipal.

“Iniciamos um programa em 2009 que, na minha opinião, é a solução para a saúde do Rio”.

As Clínicas da Família contam com equipes multidisciplinares de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, agentes comunitários e de vigilância em saúde, técnicos de saúde bucal, entre outros. Além de consultas médicas e ações de promoção da saúde, as unidades oferecem também exames laboratoriais, ultrassonografia, eletrocardiograma e raios-x.

Fonte: SMS na Mídia

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Novo secretário municipal de Saúde toma posse

Em cerimônia de transmissão de cargo, realizada na manhã desta quarta-feira (9/07), no Palácio da Cidade, o prefeito Eduardo Paes deu posse a Daniel Soranz, novo secretário municipal de Saúde, que estava à frente da Subsecretaria de Atenção Primária, Vigilância e Promoção da Saúde. O médico sanitarista e pesquisador substitui o cardiologista Hans Dohmann, que deixa o cargo após cinco anos e meio de uma gestão marcada por transformações positivas na rede municipal de saúde, como a implantação das Clínicas da Família, do programa Cegonha Carioca e pela reestruturação no atendimento de urgência e emergência da cidade. A solenidade reuniu, além do prefeito e dos ex e atual secretários, o ex-ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o presidente da Academia Nacional de Medicina, Pedro Novelino, e membros do Conselho Municipal de Saúde e familiares dos homenageados.

Paes classificou o empenho de Hans Dohmann como "fundamental" para a execução de projetos que revolucionaram a saúde do Rio de Janeiro.

- Em 2009, encontramos uma rede em péssimas condições e percebemos que, para fazer as mudanças que desejávamos, não bastava apenas aplicar recursos. Era necessário montar e investir em um time de profissionais engajados, com capacidade de diálogo e gestão. Por isso, juntamos um timaço, liderado por Dohmann, e modificamos esse quadro. Posso dizer que seu nome já está escrito na história da saúde pública do Rio de Janeiro - disse o prefeito, acrescentando que o novo secretário dará continuidade ao trabalho:

- Era fundamental que o Hans fosse substituído por alguém que já fazia parte de sua equipe. A escolha do Daniel nos dá a certeza de que seguiremos este mesmo caminho. Ele é um trabalhador incansável.

O novo secretário agradeceu o apoio do prefeito e afirmou que pretende focar seu trabalho em parcerias, seja com outros órgãos de saúde do estado ou com secretarias municipais, como Educação e Desenvolvimento Social:

- Ninguém trabalha ou se destaca sozinho. Para que se obtenha bons resultados é preciso que uma equipe tenha objetivos comuns e se empenhe igualmente para realizá-los. O prefeito, por exemplo, não mediu esforços para arrumar a casa e reconstruir o sistema de atenção primária. Por esse motivo, espero contar com o apoio de todos para que possamos confirmar o Rio de Janeiro como a cidade com o melhor sistema de saúde do Brasil.

O ex-secretário recebeu uma placa comemorativa por sua dedicação à SMS. Emocionado, Hans Dohmann se despediu de seus colegas de trabalho classificando sua gestão como um "aprendizado".

- Encontramos um quadro de caos na cidade e foi necessário reverter essa situação. Reunimos pessoas de extrema competência e conseguimos ampliar a cobertura da rede de atenção primária, reduzir o índice de mortalidade materna, bem como organizar o atendimento nas emergências, que hoje estão funcionando bem. Se a população não precisa mais passar por situações constrangedoras é porque aprendemos a ouvir suas necessidades e trabalhamos em equipe - disse Dohmann, que destacou a competência de Daniel Soranz.

- A cidade conta com um profissional apaixonado pelo que faz, empenhado em realizar coisas boas para aqueles que mais precisam. Tenho absoluta convicção em sua capacidade.

Desde janeiro de 2009, a cobertura do Programa Saúde da Família passou de 3,5% para 44% (julho/2014), com mais de 2,8 milhões de cariocas beneficiados.  O município conta hoje com 103 unidades inauguradas nesse período: 72 Clínicas da Família, 14 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), oito Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), cinco Coordenadorias Regionais de Emergência (CERs), dois hospitais e duas maternidades. Além disso, 80 Centros Municipais de Saúde (CMS ) e policlínicas foram reformados. 

Entre os programas criados estão a Academia Carioca, o Programa de Atenção Domiciliar ao Idoso (PADI) e o Cegonha Carioca. Criadas em 2009, as academias são voltadas  à inserção da atividade física nas Unidades Básicas de Saúde, estando presente nas 10 Áreas de Planejamento (AP) da cidade.

Criado em agosto de 2010, o Programa de Atenção Domiciliar ao Idoso (PADI), que oferece assistência em casa a pessoas com mais de 60 anos, conta com a participação dos hospitais municipais Miguel Couto, Salgado Filho, Paulino Werneck, Lourenço Jorge, Pedro II e Francisco da Silva Telles.

O programa Cegonha Carioca foi implantado em 2011, com o objetivo de humanizar e garantir o melhor cuidado para mãe e para o bebê, do pré-natal até o parto. Lançado inicialmente em duas regiões (Rocinha e a área de Santa Cruz, Paciência e Sepetiba), passou a atender todo o Município em 2012. Atualmente, 19 maternidades fazem parte do programa (municipais, estaduais, federais e universitárias).

Fonte: Prefeitura do Rio

quarta-feira, 25 de junho de 2014

CAP 2.1 vem realizando o monitoramento diário da ocorrência de doenças e agravos de notificação compulsória nos postos médicos da FIFA Fan Fest

A DVS ( Divisão de Vigilância em Saúde) da CAP 2.1 (Coordenadoria Geral de Atenção Primária da Área Programática AP 2.1) vem realizando o monitoramento diário da ocorrência de doenças e agravos de notificação compulsória nos postos médicos da FIFA Fan Fest em Copacabana. “A maior parte dos atendimentos recebidos no posto são de pessoas com dor de cabeça, mal estar, ressaca e torções leves. Mas o posto possui também medicamentos e infraestrutura para receber pacientes mais complexos”, afirmou o enfermeiro Diogo Mendonça. As pessoas que precisarem de atendimento médico durante os eventos no FIFA Fan Fest podem procurar diretamente a unidade de saúde. O posto funciona diariamente das 10h às 22h. O Fifa Fan Fest é um evento gratuito que vai funcionar até 13 de julho, em dias de jogos, das 11h às 22h, com entrada do público até 20h









quarta-feira, 11 de junho de 2014

Registros na consulta de puerpério, imunização e ficha B, ainda na Linha de Cuidado do Pré-Natal.

Novos vídeos no Canal Fica A Dica! Um passo a passo dos registros no prontuário eletrônico Atenção! Já estão disponíveis na tela do seu pc os 3 novos vídeos do Canal #ficaadica. A DICA compartilha em primeira mão os lançamentos sobre os registros na consulta de puerpério, imunização e ficha B, ainda na Linha de Cuidado do Pré-Natal. Confiram também os outros tutoriais da série, compartilhem com seus profissionais, apresentem sugestões e comentem! 

Canal no Youtube: http://migre.me/jLEEc  ou através do GoogleDrive: http://migre.me/jLEIp

 Fica a dica, aumente a resolução para 720p para melhor visualização! 

 Aguardem os próximos lançamentos! 
 EQUIPE DICA 2.1

terça-feira, 10 de junho de 2014

Funcionamento de nossas unidades nos dias de jogos do Brasil

Segue decreto da SMS sobre o funcionamento de nossas unidades nos dias de jogos do Brasil:

RESOLUÇÃO SMS Nº 2329 DE 10 DE JUNHO DE 2014

As Unidades de Saúde Básicas, nos dias 12 (quinta-feira), 17 (terça-feira) e 23 (segunda-feira) de junho de 2014, funcionarão até as 12:30 horas, em razão dos jogos da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...